segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Escondendo-se na gaiola



Sim, eu sei.
Ainda tenho um problema pra me readaptar.
Talvez seja você.
Talvez seja mesmo eu.
Talvez seja a vontade de continuar.
Mas prefiro esconde-lo.
É o melhor que faço.

Bem, eu não sou quem quero ser.
Às vezes estou eufórico.
Mas prefiro esconder.
Você percebe do ponto de vista específico.
Não há nada interessante outra vez.
E no final tento descrever. 

Não importa aonde eu vá:
Na esquina ou no bar.
Não importa o que eu faça:
Mude de casa 10 vezes ao ano,
Me tranque dentro de uma gaiola
Caminhe perdido por ai,
Ou ligue pra dizer que sinto sua falta.
Estou deitado em um belo gramado
Tentando esconder que é sempre você.