quinta-feira, 26 de agosto de 2010

solitários na cidade




Acho tão estranho esse lance de solidão.
E acho mais estranho é a maneira única do comportamento das pessoas perante o lado triste e solitário.
Nunca consegui escrever algo que não retratasse realmente a solidão.                        
E se tratando disso, sempre acabo Pensando nas promessas eternas de amor, as eternas  promessas de companheirismo das pessoas planejam.

Sempre quando saio costumo ver pessoas caminhando solitárias, pessoas com olhares perdidos, pensamentos  longe, até eu mesmo me vejo no lugar deles, mas meus pensamentos estão sempre voltado pra necessidade dessas pessoas, pro que elas sentem, pro que eles devem está pensando.
Pessoas desencantam quando são machucadas por outras.
acho tão estranha as diferentes maneiras que elas tentam encarar.

 solA pior parte é que elas não conseguem ter os mesmo pensamentos, ficam com medo de tentar de novo, deixam de acreditar nas pessoas (Quero voar, mas cortaram minhas asas).                                            

Uma das coisas que sempre fazemos na nossa solidão é espairecer, refletir sobre nossos problemas, andar por ai, ir à um lugar calmo, sentar em baixo de uma árvore...

O mais engraçado no meio de tudo isso éque sempre pensamos que estar tudo errado, mas la no fundo nós sabemos que de certa forma foi melhor.
E no final pensamos quão tolos fomos em fazer de tudo pra agradar aquela pessoa que gostamos e ela não deu a minima pra gente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário